Início
Alunos
Associações
Contactos
Galeria
PADDE
Serviços

Novo!
MATRÍCULAS 2021 - 2022
Pré-Escolar 1.º Ciclo
Legislação
Informações
Novo!
MANUAIS 2021-2022
CANDIDATURA BOLSAS MÉRITO 2021-2022
Novo!
REQUERIMENTO A SUBSÍDIO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL
Requerimento


   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   








 

Autor do mês - abril 2016: Michel Tournier
Imagem

Ver artigo Imprimir

Autor do mês: Michel Tournier (1924-2016)

Pergunta:
Com base na leitura do capítulo 1, da obra “Sexta-feira ou a vida selvagem”, de Michel Tournier, responde à seguinte questão: 

- Qual era a bebida preferida do capitão Van Dayssel?

Responde no formulário AQUI

Podes consultar a biografia e as referências do autor, nas BEs do agrupamento, em anexo.


pdf BB_Michel Tournier.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2016-04-04 10:49:55
Atualizado em 2016-04-04 11:10:14
1272 visitas

Autor do mês - fevereiro 2016: Karen Wallace
Imagem

Ver artigo Imprimir

Autor do mês: Karen Wallace

Pergunta:
Com base na leitura da obra “O rio das framboesas”, de Karen Wallace, responde à seguinte questão:

- Quem tinha feito os cortinados para a sala do Sr. “Chevrolet”?


Responde no formulário AQUI

Podes consultar a biografia e as referências do autor, nas BEs do agrupamento, em anexo.



pdf Karen wallace - Autor do mês fevereiro 2016.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2016-02-05 16:07:23
Atualizado em 2016-02-05 16:12:05
2009 visitas

Autor do mês - janeiro 2016: Júlio Dinis
Imagem

Ver artigo Imprimir

Autor do mês: Júlio Dinis

Pergunta:
Com base na leitura da obra “Uma Família Inglesa”, de Júlio Dinis (versão adaptada), responde à seguinte questão:

- Como se chamava o pai de Jenny e Carlos?


Responde no formulário AQUI

Podes consultar a biografia e as referências do autor, nas BEs do agrupamento, em anexo.


pdf Julio Dinis jan. 2016.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2016-01-11 11:47:49
Atualizado em 2016-01-11 11:52:28
1982 visitas

Autor do mês novembro 2015: Alice Vieira
Imagem

Ver artigo Imprimir

Autor do mês: Alice Vieira

Pergunta:

Com base na leitura, do capítulo
6, da obra “Chocolate à chuva”, de Alice Vieira, responde à seguinte questão:

- Quem é que levou a Susana ao
acampamento?

Responde no formulário AQUI

Podes consultar a biografia e as referências da autora, nas BEs do agrupamento, em anexo.



pdf Alice Vieira- Autor do mês outubro 2015.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2015-11-03 17:56:26
Atualizado em 2015-11-03 17:58:10
2204 visitas

Autor do mês - outubro 2015
Imagem

Ver artigo Imprimir

Ana Saldanha - Autor do mês de outubro

Pergunta:
Com base na leitura da 1º parte, capítulo 7, da obra “O Romance de Rita R.”, de Ana Saldanha, responde à seguinte questão:


- Quais são as obras de Eça de Queirós que a menina Rita já leu?


Responde no formulário Aqui.


pdf Ana Saldanha out. 2015.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2015-10-18 23:40:07
Atualizado em 2015-10-18 23:54:18
1504 visitas

Autor do mês - setembro 2015
Imagem

Ver artigo Imprimir

Inês Pedrosa - Autor do mês de setembro na EBS de Fajões

Pergunta:

Com base na leitura da obra “A menina que roubava
gargalhadas”, de Inês Pedrosa, responde à seguinte questão:

- Quem encontrou Laura, na floresta, depois de ter caído no
buraco da árvore?

Responde no formulário Aqui.


Antoine de Saint-Exupéry - Autor do mês de setembro na EB 2,3 de Carregosa

Pergunta:

Com base na leitura da obra “O
Principezinho”, de Antoine de Saint-Exupéry, responde à seguinte questão:

- Que pedido fez o menino ao
narrador?

Responde no formulário Aqui.



pdf Inês Pedrosa_set 2015.pdf
pdf Antoine de Saint-Exupéry_set 2015.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2015-09-23 15:30:02
Atualizado em 2015-09-29 10:58:27
1630 visitas

Autor do mês - maio: Luís Sepúlveda
Imagem

Ver artigo Imprimir

LUÍS SEPÚLVEDA (1949- …)

Escritor chileno, Luis Sepúlveda nasceu a 4 de outubro de 1949, em Ovalle, uma pequena aldeia no Norte do país. Começou a escrever quando frequentava o Liceu de Santiago do Chile. Curiosamente, compunha contos pornográficos que recopiava para vender aos seus colegas. Ingressou nas fileiras da Juventude Comunista chilena em 1964, o que não o impediu de continuar a escrever, desta feita poesia e contos de natureza mais séria. Em 1969 publicou Crónicas de Pedro Nadie, compilação de contos que lhe valeu o Prémio Literário da Casa das Américas.
Em 1970 conseguiu um diploma em Encenação Teatral, atividade que começou a exercer, dedicando também parte do seu tempo à política, à direção de uma cooperativa agrícola e à locução de programas de rádio. 
Nesse mesmo ano o General Augusto Pinochet chegou ao poder. Aprisionado, foi julgado por um tribunal militar em fevereiro de 1975, e acusado de traição à pátria e conspiração subversiva, entre outros crimes. Escapando à pena de morte, foi condenado a vinte e oito anos de cadeia. Em 1977, graças à persistência da Amnistia Internacional, viu a sua pena ser comutada para oito anos de exílio na Suécia.
Em 1989 publicou o seu primeiro romance, "O Velho Que Lia Romances de Amor", que se revelou um sucesso imediato e internacional, tendo sido traduzido para cerca de trinta e cinco línguas. 
Autorizado finalmente a regressar ao Chile ao fim de dezasseis anos de exílio, o autor continuou a escrever. 

Principais obras:
Mundo no Fim do Mundo (1989), Patagónia Express (1995), Diário de um Killer Sentimental (1996), História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar (1996), Encontro de Amor num País em Guerra (1997), As Rosas de Atacama (2000), A Sombra do que Fomos (2009).

in Língua Portuguesa com Acordo Ortográfico [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2015. [consult. 2015-05-04]. Disponível na Internet: http://www.infopedia.pt/$luis-sepulveda

Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas bibliotecas do agrupamento.

PASSATEMPO
Com base na leitura da obra “História de um gato e de um rato que se tornaram amigos”, capítulo 2, responde à seguinte questão:

- Que tipo de perfil apresentava Mix, o gato de Max?
(responde no formulário em anexo)



pdf BB_Luís Sepulveda.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2015-05-04 21:39:37
Atualizado em 2015-05-04 21:44:14
3201 visitas

Autor do mês - abril: António Mota - RESULTADOS
Imagem

Ver artigo Imprimir

Vencedores do passatempo de abril

Escola Básica e Secundária de Fajões
Beatriz Santos, 5ºC
Beatriz Sousa Almeida, 5ºC
Inês Lopes, 5ºC
Xavier Correia, 5ºB
Diogo  Soares, 6ºB
Diogo Silva Leal, 6ºD
Andreia Gomes Godinho, 8ºC
Bruno Conceição, 8ºB
Maria Manuela Pinho Rocha, 8ºC

Escola E.B. 2,3 de Carregosa
Duarte oliveira ferreira, 5ºB
Ana Silva, 6ºA
Ana Filipa Moreira Teixeira, 6ºB
Ana Raquel Almeida Cardeal, 6ºB
Joana Carvalho Rodrigues, 6ºB
Joana, 6ºB
Mariana Pinho Ribeiro, 6ºB
Rafaela Quaresma, 6ºA
Sofia Gomes, 6ºC
Francisca Silva, 7ºC
José Carlos, 8ºB
Ricardo Antao, 8ºB
Sergio coreixas, 8ºB

ANTÓNIO MOTA (1957- …)

António Mota nasceu em 1957, em Vilarelho, Ovil, no concelho de Baião, no distrito do Porto, onde continua a viver. Professor do Ensino Básico aposentado, publicou manuais escolares e é, com frequência, convidado a visitar Escolas Básicas, Secundárias e Bibliotecas Públicas em diversas localidades do país. Solicitado, também, a intervir em ações realizadas pelas Escolas Superiores de Educação, em todas elas partilha com os seus interlocutores experiências e memórias.

Autor com muitas dezenas de títulos, regularmente publicados, após a sua estreia literária (A Aldeia das Flores, 1979), foi galardoado, em 1983, com um prémio da Associação Portuguesa de Escritores (O rapaz de Louredo); em 1990, recebeu o Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças (Pedro Alecrim) e, em 1996, ganhou o Prémio António Botto. Em 2011, Pinguim foi uma das três obras nomeadas para o Prémio de melhor livro de Literatura Infantil de 2010, no âmbito dos Prémios SPA/RTP (Sociedade Portuguesa de Autores / Rádio Televisão Portuguesa).

Repartindo-se os textos do Autor, na generalidade, entre o conto (Abada de histórias, 1989; O Lobisomem, 1994) e a novela (Os Sonhadores, 1991; A Terra do Anjo Azul, 1994; Os Heróis do 6.ºF, 1996), não enjeita, porém, aventurar-se pelos caminhos do reconto (David e Golias, 1995) e da poesia (Sal, sapo, sardinha, 1996).


Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas bibliotecas do agrupamento.

PASSATEMPO
Com base na leitura da obra “Os Sonhadores”, no conto O manuscrito, capítulo 3, responde à seguinte questão:

- Qual é o nome verdadeiro de Guilhermino Bicho?
(responde no formulário em anexo)


pdf Autor do Mes - António Mota .doc 1.pdf

Ler mais
Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2015-04-08 13:11:46
Atualizado em 2015-05-04 13:34:32
2880 visitas

Autor do mês - fevereiro: Agatha Christie - Resultados
Imagem

Ver artigo Imprimir

Não houve vencedores no passatempo de fevereiro.


AGATHA CHRISTIE (1890-1976)


Agatha Christie nasceu Agatha May Clarissa Miller, em Torquay, na Grã-Bretanha, em 1890. Durante a I Guerra Mundial, prestou serviço voluntário num hospital, primeiro como enfermeira e depois como funcionária da farmácia e do dispensário. Esta experiência revelar-se-ia fundamental, não só para o conhecimento dos venenos e preparados que figurariam em muitos dos seus livros, mas também para a própria conceção da sua carreira na escrita. Com o seu segundo marido, o arqueólogo Max Mallowan, Agatha viajaria um pouco por todo o mundo, participando ativamente nas suas escavações arqueológicas, nunca abandonando contudo a escrita, nem deixando passar em claro a magnífica fonte de conhecimentos e inspiração que estas representavam.
Autora de cerca de 300 obras, viu o seu talento e o seu papel na literatura e nas artes oficialmente reconhecidos em 1956, ano em que foi distinguida com o título de Commander of the British Empire. Em 1971, a Rainha Isabel II consagrou-a com o título de Dame of the British Empire. Deixando para trás um legado universal celebrado em mais de cem línguas, a Rainha do Crime, ou Duquesa da Morte (como ela preferia ser apelidada), morreu em 12 de Janeiro de 1976. Em 2000, a 31st Bouchercon World Mistery Convention galardoou Agatha Christie com dois prémios: ela foi considerada a Melhor Autora de Livros Policiais do Século XX e os livros protagonizados por Hercule Poirot a Melhor Série Policial do mesmo século.

Em anexo poderás encontrar a lista de referências da autora existentes nas bibliotecas do agrupamento.

Passatempo:


Com base na leitura da obra “A morte de Lorde Edgware”, no
capítulo III, pág. 27, responde à seguinte questão:

- Qual é o nome do ator que visitou Poirot?

(Responde no formulário em anexo)




pdf BB_Agatha Christie.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2015-02-04 13:31:01
Atualizado em 2015-04-08 13:05:58
4432 visitas

Autor do mês - janeiro: Maria João Lopo de Carvalho - Resultados
Imagem

Ver artigo Imprimir





Os vencedores são:
Consulta na mesa de destaque da BE.

Maria João Lopo de Carvalho

Maria João Lopo de Carvalho nasceu em 1962. É licenciada em Letras pela Universidade Nova de Lisboa. Foi professora de português e de inglês em todos os graus de ensino básico e secundário. Passou pelas áreas de educação e cultura na Câmara Municipal de Lisboa e foi copywriter numa agência de publicidade. Começou a publicar na Oficina do Livro em 2000, com o best seller «Virada do Avesso». Hoje tem 40 títulos editados, vários best sellers, entre romances, livros infantis, livros de crónicas e manuais escolares, e é também autora do novo método de português como língua estrangeira publicado pelo Instituto Camões. Tem tido grande destaque na escrita infanto-juvenil com a coleção «7 irmãos» e é autora recomendada pelo Plano Nacional de Leitura. É cronista regular na imprensa escrita e na televisão. «Marquesa de Alorna» é o seu primeiro romance histórico. Retomou a escrita para adultos após 6 anos a escrever para crianças e jovens.



Maria João Lopo de Carvalho: biografia. [em
linha] Consultado em 2-01-2015, disponível em: http://www.clubedoslivros.org/2011/09/marquesa-de-alorna-de-maria-joao-lopo.html

Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas bibliotecas do agrupamento.

Passatempo:

Com base na leitura da obra “Maria: os segredos da irmã mais velha”, capítulo 1, responde à pergunta:



- Qual é a profissão do pai do João Pedro?




Responde no formulário anexo.

pdf Autor do Mes - Mª João Lopo de Carvalho.pdf

Ler mais
Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2015-01-06 12:02:14
Atualizado em 2015-02-04 13:12:12
5160 visitas

Autor do mês - novembro: Robert Muchamore - resultados
Imagem

Ver artigo Imprimir

Os vencedores são:
- Consulta na Mesa de Destaque da biblioteca.

Robert Muchamore (1972 -)


Robert Muchamore nasceu a 26 de dezembro de 1972, em Islington, Inglaterra. Trabalhou durante treze anos como detetive privado, mas abandonou a profissão para se dedicar à escrita a tempo inteiro. Costuma levar quatro a cinco meses a escrever um livro, sendo que dedica o primeiro à pesquisa e o segundo à planificação da história. Só depois escreve. Segundo o próprio, tentar escrever aquilo que gostaria de ter lido aos 13 anos de idade foi a principal razão para a criação da coleção CHERUB.

Robert Muchamore: biografia [em linha]. In Porto Editora. Porto: 2014. [consultado em 03-11-2014]. Disponível em: http://www.portoeditora.pt/sobrenos/autores/index/tema/autores?id=39123



Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas bibliotecas do agrupamento.

Passatempo:

Com base na leitura da obra “O recruta”, capítulo 12 (pag. 109), responde à pergunta:

James teve de escolher um novo nome.  Nessa escolha, baseou-se em quem?


Responde no formulário anexo.


pdf BB_Robert Muchamore.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2014-11-19 11:17:05
Atualizado em 2015-01-06 11:54:53
5528 visitas

Autor do mês - outubro: Álvaro Magalhães - Resultados
Imagem

Ver artigo Imprimir

Alunos que acertaram no passatempo "Autor do mês" de outubro

Escola Básica e Secundária de Fajões:
- Cristiana Andrade (5ºA)
- Inês Ferreira (5ºA)
- André Ferreira (5ºB)
- Carlos Xavier Correia Silva (5ºB)
- Mariana Filipa Pinto Martins (5ºB)
- Gonçalo Miguel Correia  Silva (5ºC)
- Inês Nogueira (5ºC)
- Margarida Fernandes (5ºC)
- Rosário Marques Oliveira (5ºC)
- Pedro Almeida (7ºB)
- Bruno Conceição (8ºB)
- Carlos Conceição (8ºB)
- Rafael Almeida (8ºB)
- Filipa Rocha (8ºC)
- Diogo Magalhães (9ºB)
- José Luis Jesus (9ºB)
- Duarte Resende Costa (9ºD)


Álvaro Magalhães (1951 -)

Álvaro Magalhães, nascido no Porto em 1951, considerado um dos mais originais escritores portugueses, tem publicado, desde os anos 1980, cerca de 80 obras para jovens e crianças, entre contos, poesia e narrativa juvenil.
Em 2002 venceu o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens com o livro "Hipopóptimos -- Uma História de Amor".
"O limpa-palavras e outros poemas", "O homem que não queria sonhar e outras histórias" e o mais recente "O rapaz dos sapatos prateados" são alguns dos títulos do autor.
Este livro é o último da trilogia da qual fazem parte as obras "A Ilha do Chifre de Ouro" e "O Último Grimm", romances para jovens em que Álvaro Magalhães procurou que o leitor não separasse os mundos do real e do imaginário.
É ainda autor das séries juvenis "Triângulo Jota", "Lucas Scarpone" e "Crónicas do vampiro Valentim" e do livro "Senhor Pina", de homenagem ao escritor Manuel António Pina.
No ano passado, Álvaro Magalhães assinalou trinta anos de vida literária.


Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas bibliotecas do agrupamento.

Passatempo:

Com base na leitura da obra “A rapariga dos anúncios”,  capítulo “— Não!!!” (pág. 67), responde à pergunta:

Segundo o senhor Coutinho tratava-se de “uma missão impossível”.  Em que consistia essa missão?

Responde no formulário anexo.



Ler mais
Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2014-10-17 17:19:35
Atualizado em 2014-11-18 16:20:56
6535 visitas

Autor do Mês
Imagem

Ver artigo Imprimir

Vamos dar início ao nosso passatempo em linha "Autor do Mês".
Apenas tens de adivinhar o título de uma obra, a partir do seu excerto, do autor apresentado nesse mês.
Terás de responder no formulário que te é indicado.
Boas leituras e... Participa!



Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2014-10-17 16:34:14
4588 visitas

Resultados Autor do mês: maio - Luis Sepúlveda
Imagem

Ver artigo Imprimir



Vencedores maio

Escola E.B. 2,3 de Carregosa
Mariana Pinho Ribeiro, 5º B
Fábio Silva, 5º    C
Bruno Pinto, 6º    B
Inês Ferreira, 6º B
Margarida Santos, 6º B
Cláudio oliveira, 7º B
Carla Paiva, 9º    A

Escola Básica e Secundária de Fajões
Ana Beatriz Campos Silva, 5º C   
Ana Isabel Paiva Moreira, 5º C
Ana Leonor Santos Nogueira Duarte, 5º C
Brígida Rodrigues, 5º C
João Pedro Soares Almeida, 5º C
Ana Beatriz Almeida Fernandes, 5º D
Inês  Pinho Fernandes, 5º D
Samuel Pinho Fernandes, 5º D


LUIS SEPÚLVEDA (1949-...)



Luis Sepúlveda nasceu em Ovalle, no Chile, em 1949. Reside actualmente em Gijón, na Espanha, após viver entre Hamburgo e Paris. Membro activo da Unidade Popular chilena nos anos setenta, teve de abandonar o país após o golpe militar de Pinochet. Viajou e trabalhou no Brasil. Uruguai, Paraguai e Peru. Viveu no Equador entre os índios Shuar, participando numa missão de estudo da UNESCO. Sepúlveda era, na altura, amigo de Chico Mendes, herói da defesa da Amazónia. Dedicou a Chico Mendes O Velho que Lia Romances de Amor, o seu maior sucesso. Perspicaz narrador de viagens e aventureiro nos confins do mundo, Sepúlveda concilia com sucesso o gosto pela descrição de lugares sugestivos e paisagens irreais com o desejo de contar histórias sobre o homem, através da sua experiência, dos seus sonhos, das suas esperanças.

Bibliografia: As Rosas de Atacama, Uma História Suja, Os Piores Contos dos Irmãos Grim, Patagónia Express, O Velho que Lia Romances de Amor, Nome de Toureiro, Histórias do Mar, História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar, O General e o Juiz, Encontro de Amor num País em Guerra, Diário de um Killer Sentimental, Contos Apátridas, O Poder dos Sonhos, A Lâmpada de Aladino, Crónicas do Sul, A Sombra do que Fomos, Histórias Daqui e Dali, História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar, Últimas Notícias do Sul, Mundo do Fim do Mundo, História de Um Gato e de Um Rato que se Tornaram Amigos, História de um caracol que descobriu a importância da lentidão.



Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas
bibliotecas do agrupamento.



PASSATEMPO

Com base na leitura da obra “História de uma gaivota e do gato que a ensinou a
voar”, do capítulo “Um lugar curioso” (pag.39), responde à pergunta:

Como se chamava o lugar onde Sabetudo vivia?



(responde no formulário em anexo)






Ler mais
Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2014-05-05 12:22:11
Atualizado em 2014-06-09 13:16:39
9678 visitas

Resultados Autor do mês: março/abril - Sandra Pinto
Imagem

Ver artigo Imprimir

Vencedores março/abril

Escola E.B. 2,3 de Carregosa
Ana Correia, 6ºB
Margarida Santos, 6ºB

Escola Básica e Secundária de Fajões
Daniela Rios, 5ºB
Francisco Almeida Pais Correia, 5ºC
Luciana Santos Moreira, 5ºC
Bruno Conceição, 7ºB
Leandro Filipe Santos Silva, 10ºA
  

SANDRA PINTO (1974-)

Sandra Pinto nasceu em 1974 e é natural da Póvoa de Varzim. Licenciada em Comunicação Social pela Universidade do Minho, iniciou o seu percurso profissional em 1997 na sede da Portugal Telecom em Lisboa, onde colaborou com a sua Direção de Recursos Humanos, tendo realizado trabalhos na área da Comunicação Interna. Ingressou no INESC Porto em 2000, assegurando a atividade do então criado Serviço de Comunicação desde essa data até à atualidade. Embora se dedique à Comunicação a tempo inteiro, a Escrita é uma atividade que leva cada vez mais a sério, tendo vários livros publicados para a juventude e também para adultos.

Em anexo poderás encontrar a lista de referências da autora existentes nas bibliotecas do agrupamento.

PASSATEMPO
Com base na leitura da obra "O amor às vezes dói", no capítulo "Dias de azar" (pag.42), responde à pergunta:

- Qual o tema do trabalho de História da Gabriela?



Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2014-03-26 09:41:18
Atualizado em 2014-05-06 13:34:02
13926 visitas

Autor do mês - fevereiro: resultados
Imagem

Ver artigo Imprimir

Vencedores do mês de fevereiro
Escola Básica e Secundária de Fajões
- Cátia Correia, 5º B
- Vanessa Fernandes, 5º C
- Ana Beatriz Fernandes, 5º D
- Maria Moreira, 5º D
- Andreia Soares, 6º A
- Beatriz Bernardes, 6º A
- Diana Oliveira, 6º A
- Nuno Santos, 7º A
- Rafael, Almeida, 7º B
- Rúben Rocha, 8º C
- Bernardo Oliveira, 8º C
- Daniel Duarte Pinho, 8º C
- João Soares, 8º C
- Pedro Lopes, 8º C
- Diogo Tavares, 9º C

Escola E.B. 2,3 de Carregosa
- Ana Bastos, 6º B
- Ana Correia, 6º B
- Francisca Melo, 6º B
- Margarida Santos, 6º B
- Miguel Costa, 6º B

AGUSTINA BESSA-LUÍS (1922- )

Agustina Bessa-Luís nasceu em Vila Meã, Amarante, em 1922. A família do seu pai era do Norte do país e a sua mãe era espanhola.
Viveu durante a infância e adolescência na região de Entre-Douro e Minho e depois em Coimbra até 1948. Casou em 1945 com Alberto de Oliveira Luís. A partir de 1948 fixou residência no Porto.
Começou a escrever aos 16 anos e em 1950 publicou o seu primeiro romance, “Mundo Fechado”. O reconhecimento chegaria em 1952, com a atribuição do Prémio Delfim de Guimarães ao livro “Sibila”, galardoado no ano seguinte com o Prémio Eça de Queiroz.
Estreou-se no teatro em 1958 com “O Inseparável”.
Várias obras suas foram traduzidas em diversos países e algumas foram adaptadas ao cinema por Manoel de Oliveira, como “Francisca”, “Vale Abraão” e “As Terras de Risco”. O seu romance “As Fúrias” foi adaptado ao teatro por Filipe La Féria.
Aos 81 anos, Agustina Bessa-Luís recebeu o Prémio Camões, considerado o mais importante prémio literário da língua portuguesa.

Em anexo poderás encontrar a lista de referências da autora existentes nas bibliotecas do agrupamento.

PASSATEMPO
Com base na leitura da obra “Dentes de rato”, no capítulo “O casamento de Mimosa” (pág. 29), responde à pergunta:

O que abria o apetite a Dentes de Rato?


pdf BB_Agustina Bessa-Luis.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2014-02-06 11:53:32
Atualizado em 2014-04-01 15:57:00
16069 visitas

Autor do mês - janeiro - RESULTADOS
Imagem

Ver artigo Imprimir

Responderam acertadamente a este desafio os seguintes alunos:
Escola EB 2,3 de Carregosa:
- Inês Ferreira, 6ºB;
- Inês Silva Castro, 6ºB;
- Jorge Rafael Rodrigues Oliveira, 6ºB;
- José António Oliveira da Silva, 6ºB.

Escola Básica e Secundária de Fajões:
- Leonardo Couto, 6ºB;
- Daniel Duarte Pinho, 8ºC;
- Nuno Machado, 9ºC;
- Tiago Campos, 9ºC.


JOSÉ SARAMAGO (1922-2010)

Filho e neto de camponeses, José Saramago nasceu na aldeia de Azinhaga, província do Ribatejo, no dia 16 de Novembro de 1922, se bem que o registo oficial mencione como data de nascimento o dia 18. Os seus pais emigraram para Lisboa quando ele não havia ainda completado dois anos. A maior parte da sua vida decorreu, portanto, na capital, embora até aos primeiros anos da idade adulta fossem numerosas, e por vezes prolongadas, as suas estadas na aldeia natal.
Fez estudos secundários (liceais e técnicos) que, por dificuldades económicas, não pôde prosseguir. O seu primeiro emprego foi como serralheiro mecânico, tendo exercido depois diversas profissões: desenhador, funcionário da saúde e da previdência social, tradutor, editor, jornalista. Publicou o seu primeiro livro, um romance, Terra do Pecado, em 1947, tendo estado depois largo tempo sem publicar (até 1966). Trabalhou durante doze anos numa editora, onde exerceu funções de direcção literária e de produção. Colaborou como crítico literário na revista Seara Nova. Em 1972 e 1973 fez parte da redacção do jornal Diário de Lisboa, onde foi comentador político, tendo também coordenado, durante cerca de um ano, o suplemento cultural daquele vespertino.
Pertenceu à primeira Direcção da Associação Portuguesa de Escritores e foi, de 1985 a 1994, presidente da Assembleia Geral da Sociedade Portuguesa de Autores. Entre Abril e Novembro de 1975 foi director-adjunto do jornal Diário de Notícias. A partir de 1976 passou a viver exclusivamente do seu trabalho literário, primeiro como tradutor, depois como autor. Casou com Pilar del Río em 1988 e em Fevereiro de 1993 decidiu repartir o seu tempo entre a sua residência habitual em Lisboa e a ilha de Lanzarote, no arquipélago das Canárias (Espanha). Em 1998 foi-lhe atribuído o Prémio Nobel de Literatura.
José Saramago faleceu a 18 de Junho de 2010.

José Saramago: biografia. In Fundação José Saramago [em linha]. Lisboa: 2011. [consultado em 12-01-2014]. Disponível em: Link

Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas bibliotecas do agrupamento.

PASSATEMPO
Com base na leitura da obra "A Maior Flor do Mundo", responde à seguinte pergunta, no formulário em anexo:

A família e os vizinhos conseguiram encontrar o menino perdido no cimo de uma colina. O que facilitou esse encontro?


pdf BB_José Saramago.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2014-01-12 16:06:19
Atualizado em 2014-03-26 09:13:26
19044 visitas

Autor do Mês - novembro: Ilse Losa
Imagem

Ver artigo Imprimir

ILSE LOSA (1913 - 2006)


Escritora portuguesa, autora essencialmente de literatura infantil, nasceu numa aldeia perto de Hanôver, na Alemanha, a 20 de março de 1913, e faleceu a 6 de janeiro de 2006, no Porto. Fugida à perseguição nazi, refugiou-se, em 1934, em Portugal e radicou-se no Porto, adquirindo a nacionalidade portuguesa. Colaborou em várias edições periódicas como O Diabo, Gazeta Musical e de Todas as Artes, Seara Nova, Vértice, Colóquio/Letras, Portucale, JL. Traduziu, para português, vários escritores de língua alemã (Brecht, Max Frisch, Adolf Himmel, entre outros) assim como o dinamarquês Andersen, e, para alemão, vários autores portugueses.
A sua obra narrativa e poética, publicada essencialmente na década de 50, centra-se na retrospetiva autobiográfica, evocando a infância e a adolescência, enquanto vivência ensombrada pela rutura da inocência e da unidade efetuada pela experiência do horror nazi e pela perda da pátria de origem. A simplicidade com que exprime angústias passadas e presentes, com especial menção para o sentimento de se reconhecer estrangeira e estranha quer no espaço natal quer na pátria adotiva, estabelece uma continuidade com a escrita para crianças, domínio a que dedicou uma obra extensa, distinguida, em 1984, com o Prémio Gulbenkian de Literatura Infantil. O seu primeiro romance, O Mundo em que Vivi (1949), retrata o ambiente de guerra vivido, ainda em criança, na Alemanha.
Do conjunto das suas obras, destacam-se ainda Sob Céus Estranhos (1962); Na Quinta das Cerejeiras (1984 - Prémio Calouste Gulbenkian); e Caminhos Sem Destino (1991).


Ilse Losa. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. [Consult. 2013-10-29].
Disponível na www: Link$ilse-losa>.


Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas bibliotecas do agrupamento.



Passatempo:


Com base na leitura da obra desta autora “Na Quinta das Cerejeiras”, responde à pergunta:


A senhora Rosa e o seu filho foram morar para um bairro chamado “Quinta das Cerejeiras”. Por que razão se chamava assim?


Responde no formulário anexo.

pdf BB_Ilse Losa.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2013-11-08 10:46:55
Atualizado em 2014-03-26 09:27:23
26194 visitas

Autor do Mês - outubro: António Torrado
Imagem

Ver artigo Imprimir


ANTÓNIO TORRADO (1939, -)



Escritor português, pedagogo, jornalista, editor, é também produtor e argumentista para a televisão. Nascido em 1939, é licenciado em Filosofia pela Universidade de Coimbra e começou a publicar contos para a infância aos 18 anos, sendo a sua atividade profissional diversa.
Foi coordenador do Curso Anual de Expressão Poética e Narrativa no Centro de Arte Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian, professor responsável pela disciplina de Escrita Dramatúrgica na Escola Superior de Teatro e Cinema e o dramaturgo residente na Companhia de Teatro Comuna em Lisboa.
Possuindo uma obra bastante extensa e diversificada, integra textos de raiz popular e tradicional, mas também teatro, poesia e sobretudo contos, e é considerado um dos autores mais importantes na literatura infantil portuguesa. Destacam-se na sua obra, entre muitas outras: Vamos Contar um Segredo, Hoje Há Palhaços (com Maria Alberta Menéres), O Mercador de Coisa Nenhuma e O Pajem Não se Cala.



António Torrado. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. [Consult. 2013-10-11].
Disponível na www: .



Em anexo poderás encontrar a lista de referências do autor existentes nas bibliotecas do agrupamento.



Passatempo:



Descobre o título da obra deste autor, a partir do seguinte excerto:



"Há muitos e muitos anos, no reinado do perfeito imperador Ü, havia um homem que manejava o arco e a flecha como nunca voltou a haver outro igual em toda a china. Chamava-se Hau-Ngai, o exímio archeiro, e era comandante da guarda imperial e herói do império.
Herói porque com as suas setas mágicas já salvara províncias inteiras de uma catástrofe. Uma terrível inundação."



Responde no formulário anexo.



o VENCEDOR SO PASSATEMPO DE OUTUBRO FOI ISAQUE SANTOS, DO 5º AF.

pdf BB_António Torrado.pdf

Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2013-10-21 16:34:36
Atualizado em 2014-03-26 09:27:02
25371 visitas

Autor do Mês
Imagem

Ver artigo Imprimir

Vamos dar início a um novo passatempo em linha, das Bibliotecas Escolares.
Desta feita, tens de adivinhar o título de uma obra, a partir do seu excerto, do autor apresentado nesse mês.
Terás de responder no formulário que te é indicado.
Boas leituras e... Participa!


Publicado por Maria Fernanda Costa Gonçalves
Inserido em 2013-10-21 16:21:38
21852 visitas


 Autenticação ajuda

 Utilizador 
 Código 




Notícias na imprensa


Visitas únicas
Hoje: 619
Este mês: 54.026


Facebook  Youtube  Twitter  Feed Mobile Mobile Android APP Edulink